Acesse o Portal do Governo  Brasileiro

 





Vertigem em Aeronavegação
 
Pagina inicial > Dúvidas mais Freqüentes
 
Abertura de Prontuário
Apoio ao Paciente
Arquivamento e Movimentações de Prontuário
Doação de sangue
Estatística e Informações de Saúde
Marcação de Consultas
Teste do pezinho
Vacinação
 
 

 
Abertura de Prontuário
 

       É a Seção responsável pela abertura de prontuários médicos dos usuários que estão inseridos no Sistema de Saúde da Aeronáutica. Para tanto quando este chega ao HCA e ainda não possui prontuário médico deverá dirigir-se a esta seção munido de carteira de identidade e do cartão do SARAM. Caso ainda não o possua, que tenha pelo menos o número do mesmo. A abertura do prontuário também está condicionada a presença do paciente, pois na ocasião é tirada foto digital que é inserida na folha de cadastro, não sendo permitido os registros dos pacientes, sejam adultos ou crianças, que não estejam presentes.
       A Seção de Cadastro inicia as suas atividades às 07:30 h e encerra-as às 15:00 h (de segunda à quinta-feira); na sexta-feira o funcionamento é de 07:30 h até 11:30 h. O paciente preenche uma folha com todos os seus dados pessoais; esta é digitada e impressa com a foto, logo após a mesma ser tirada. Antes destes procedimentos o funcionário daquela seção consulta o SIGPES (sistema gerencial de pessoal da FAB), para ver se o paciente está realmente inserido no sistema da SARAM. Esta consulta é feita através de rede informatizada.
       Quando é aberto o prontuário, automaticamente é fornecido o cartão de consultas, gratuitamente. Quando o paciente perde o seu cartão, antes de ser feito outro, o paciente deve dirigir-se ao caixa do hospital e indenizar R$ 1,00.
       Senhor usuário, procure manter os seus dados cadastrais atualizados, bem como o de seus dependentes, evitando assim descontentamento na hora de necessitar os serviços médicos do HCA.

 

topo


Apoio ao Paciente
 
       É a seção da SAME responsável por emitir toda e qualquer documentação médica ou de profissionais de saúde solicitadas via prontuário, no momento do atendimento médico; bem como de encaminhar documentações médicas solicitadas por via judicial ou extra-judicial. São emitidas ou encaminhadas as seguintes documentações: Declarações médicas para diversos fins, Relatórios médicos, Partes, Rádios, Mensagens Fax, Pareceres Médicos; além de serem fornecidas cópias de prontuários médicos. 
       Só poderão solicitar cópia do prontuário médico o próprio usuário, ou seu representante legal com procuração emitida por cartório, ou os pais se for o caso de menor, ou ainda por determinação judicial; neste caso é recebido um ofício da justiça solicitando a referida cópia. O requerente deverá dirigir-se ao guichê de atendimento da Seção de Apoio ao Paciente (Secretaria) no horário de seu funcionamento, ou seja, de 08:00 h às 12:00 h (de segunda à sexta-feira) e das 13:00 h até 15:00 h (nas segundas e quartas-feiras); para preencher um requerimento. O prontuário será separado; serão contadas as folhas que serão copiadas para que o solicitante indenize no caixa do Hospital; em seguida serão encaminhadas ao Setor de Xerox do HCA e entregues no mesmo dia ao solicitante. 
       As declarações médicas ou relatórios médicos solicitados através do prontuário, são confeccionadas após estes terem sido autorizados pela Divisão Médica do HCA, sendo entregues somente depois de 03 (três) dias úteis . Estes documentos deverão ser recebidos no guichê da Seção de Apoio ao Paciente.
       Os pareceres médicos serão encaminhados para a Junta de Saúde que o solicitou, num prazo de 07 (sete) dias úteis, a contar da data de sua realização.
       A Seção de Apoio ao Paciente é também responsável por todas as internações feitas no âmbito do HCA, sejam de pacientes oriundos do Rio de Janeiro, bem como de pacientes oriundos de outros Estados da Federação. 
       As clínicas entregam ao paciente uma folha de orientação sobre a sua internação, quando este vai ser submetido a uma intervenção cirúrgica .
       O Setor de internação, subordinado a Seção de Apoio ao Paciente da SAME , funciona na sobreloja da UPE, no horário de 08:00 h até 13:00 h.
       O paciente que irá internar deverá se dirigir ao balcão da SAME às 16:00 h para assinar o Sumário de Hospitalização, em se tratando de pacientes da área do Rio de Janeiro.
       Os pacientes encaminhados de outras Unidades Federativas internarão através da Emergência do HCA, sendo necessário trazerem Ofício de Apresentação, Relatório Médico e documento que comprove a reserva do leito (cópia de mensagem rádio ou fax do HCA).
 

topo


Arquivamento e Movimentações de Prontuário
 

       É o setor responsável pelo arquivamento, desarquivamento e movimentação de prontuários para as clínicas e outros setores do Hospital. O Hospital Central da Aeronáutica como grande hospital geral, movimenta diariamente 1500 prontuários. Por algum motivo poderão ocorrer atrasos na entrega dos mesmos nas respectivas clínicas, uma vez que a SAME possui sob sua responsabilidade um Arquivo Morto com cerca de 220.000 prontuários, além de um arquivo ativo com cerca de 80.000 prontuários, tendo que desarquivar prontuários nestes dois arquivos para encaminhá-los para as respectivas clínicas. Desta forma o seu atendimento poderá ser efetuado em folha avulsa, dentro do horário marcado, que depois esta será arquivada no prontuário tão logo ele chegue no setor de atendimento correspondente a clínica que o atendeu.

 

topo


 Doação de sangue
 
 O que preciso para ser um doador de sangue?

- Ter entre 18 e 65 anos
- Ter mais de 5 0 kg
- Ter dormido no mínimo 4 h
- Não ter tido hepatite
- Não ter tido malária
- Não ser portador do vírus da AIDS
- Não ter tido sífilis
- Não estar com herpes labial ou genital
- Não estar gripado
- Não estar usando antibiótico ou antiinflamatório
- Não ter feito tratamento dentário há menos de 72 h
- Nunca ter usado drogas injetáveis (tóxicos)
- Não ser diabético
- Não ter feito tatuagem ou “piercing” há menos de 1 ano
- Não ter sido vacinado há menos de 2 semanas
- Não ter tido convulsões, desmaios ou epilepsia
- Não ter tido relacionamento sexual sem proteção (camisinha) com homossexuais, bissexuais ou usuário de drogas
- Não estar grávida ou amamentado
- NÃO ESTAR EM JEJUM – alimentar-se sem gorduras

O que preciso fazer para doar?

- Observar os critérios básicos acima
- Trazer um documento de identidade com foto
- Alimentar-se previamente sem alimentos gordurosos
- Preencher ficha e questionário de triagem
- Fazer avaliação do nível do hematócrito (antes da doação)
- Fazer triagem clínica com o médico da coleta

Quanto tempo leva uma doação?

- Normalmente, a coleta dura 10 minutos.

Posso ir para o trabalho depois de doar?

- Depois da doação há um lanche que você deverá fazer enquanto se recupera da doação
- Caso esteja tudo bem, poderá voltar ao trabalho
- Profissões de risco como operadores de máquinas, pilotos, motoboys devem abster-se de trabalhar nesse dia

Se eu não trabalhar, tenho dispensa?

- Sim, peça ao médico da triagem um comprovante de doação e apresente no seu trabalho

E se eu passar mal na doação?

- A equipe da coleta juntamente com o médico responsável estão treinados para resolver qualquer problema decorrente da doação

Quando posso pegar os resultados dos meus exames?

- De 10 dias úteis após a data da doação seus resultados estarão disponíveis no local onde você doou

Quando posso voltar a doar?

- Homens – após 2 meses completos
- Mulheres – após 3 meses completos

E se eu quiser só fazer os exames no meu sangue?

- Nesse caso, NÃO DOE.
- Peça informações à nossa equipe sobre os locais para realização GRATUITA desses exames.


Quais são os dias das Coletas Externas no HCA?

- Todas a última 4ª feira do mês das 9 às 14 h, na Capela do Hospital

Onde mais posso doar para o HCA?

- No Banco de Sangue do Hospital dos Afonsos, na Av. Marechal Fontenele, 1628 – Sulacap, de 2ª a 6ª feiras das 8 às 11h. Tel 3369-9723
- No Hemorio, na rua Frei Caneca, 8 – Centro, diariamente de 8 às 18 h. Avisar que a doação é para o HCA.
 

topo


Estatística e Informações de Saúde
 

       É a seção responsável pela elaboração de mapas estatísticos ligados a toda área hospitalar.
       Através de coletas de dados, esta seção confecciona gráficos nosológico, de demanda reprimida, produtividade de profissionais de saúde,... que permitirão a direção do hospital traçar uma melhor política administrativa.
       Como podem constatar, a Direção do HCA e a SAME estão sempre procurando mecanismos para melhorar e humanizar o atendimento médico-hospitalar da família aeronáutica, esforços e recursos estão direcionados para que o HCA continue entre os melhores hospitais gerais do Rio de Janeiro para continuarmos, cada vez mais, buscando a excelência em nosso atendimento. Solicitamos a todos aqueles que nos procuram a compreensão quanto aos nossos óbices, ajudando-nos através de sugestões, elogios ou críticas.

 

topo


Marcação de Consultas
 

       Ela tem a função de marcar as consultas diárias, cuja presença do usuário no balcão da SAME é necessária. Estas marcações são iniciadas às 05:30 h e encerradas às 15:00 h, tanto para as consultas no período da manhã, como para as consultas no período da tarde (de segunda à quinta-feira); nas sextas-feiras vai de 05:30 h até 11:00 h. O usuário ao chegar no HCA deverá dirigir-se aos balcões desta seção, para efetivar a marcação de consulta caso já possua prontuário médico no hospital, ou para fazer a reserva da mesma, caso ainda não possua prontuário. Neste caso, o referido paciente deverá dirigir-se ao guichê de cadastro para abrir o referido prontuário. Este guichê localiza-se ao lado dos guichês de marcações.
       Os usuários só poderão marcar 02 (duas) clínicas por dia e as mesmas terão que ter um intervalo mínimo do 02 (duas) horas), pois o sistema informatizado de Gestão Hospitalar só assim permite. Solicitamos a colaboração e compreensão.
       Ela também é composta de 02 (duas) mesas telefônicas num sistema chamado CALL CENTER, onde 02 (duas) funcionárias estão designadas para marcarem as consultas futuras. O telefone da marcação destas consultas é o 2293-6147. O agendamento futuro é feito num intervalo máximo de 15 (quinze) dias e com um intervalo mínimo de 48 (quarenta e oito) horas. As marcações de consultas futuras só são possíveis para usuários que já possuem prontuários médicos cadastrados no sistema informatizado do HCA.Quem não os possui deverá fazê-lo na Seção de Cadastro da SAME. 
       O usuário que quiser efetuar a marcação futura poderá fazê-lo através do telefone acima indicado ou no Subsolo da UPE, num telefone ao lado dos Orelhões, próximo a Cantina.
       De manhã o atendimento ambulatorial inicia-se às 08:00 h e encerra-se às 12:30 h (de segunda à quinta-feira). À tarde o atendimento ambulatorial inicia-se às 13:00 h e encerra-se às 16:45 h (de segunda à quinta-feira). Nas sextas-feiras o atendimento ambulatorial vai das 08:00 h até às 11:45 h, não havendo atendimento à tarde neste dia.
       Mensalmente, o quadro de distribuição de clínicas é atualizado. Este localiza-se no hall da UPE. Segue abaixo quadro de horários de clínicas, para atendimento ambulatorial no mês de Janeiro de 2006, nos mesmos moldes do quadro que é fixado na UPE:

Quadro de Horário de Consultas

       Os usuários deverão dar prioridade para as marcações no período da tarde, pelo Call-Center, pois a disponibilidade de horários neste turno é melhor, uma vez que o maior movimento é no período da manhã. Solicitamos, ainda, caso o paciente não possa comparecer a consulta agendada, que informe com pelo menos 24 (vinte e quatro) horas de antecedência a sua desistência, através do telefone do CALL CENTER, pois desta forma estaremos disponibilizando o horário cancelado para outro usuário.
       O HCA e a PMN (Policlínica Militar de Niterói) firmaram convênio, através da Diretoria de Saúde da Aeronáutica, para o atendimento ambulatorial em diversas especialidades, além de serem realizados exames laboratoriais, RX, mamografias, fisioterapia, emergências médica e odontológica; para militares e dependentes do Sistema de Saúde da Aeronáutica (SISAU) que residem em Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Região dos Lagos e Norte Fluminense naquela Policlínica, o que vem beneficiando em muito nossos usuários residentes naquelas áreas. Maiores informações poderão ser dadas na recepção da UPE do HCA ou pelos telefones 2717-2612 / 2621-7991 (Policlínica Militar de Niterói). 

 

topo


Teste do pezinho
 

     É um teste que retira gotas de sangue do calcanhar do bebê para exame no laboratório. Este teste é realizado para detectar algumas doenças que causam retardo mental e outras que podem trazer problemas graves se não tiverem acompanhamento iniciado precocemente. A maior parte das doenças triadas no teste do pezinho são assintomáticas no período neonatal, ou seja, não apresentam sintomas no recém nascido, e trazem o risco de gerar seqüelas graves e irreversíveis no desenvolvimento da criança.
 

  • O teste do pezinho é realizado no HCA de segunda a quinta feira, de 8:00 às 11:30. Para realizá-lo é necessário o recém nascido ser dependente do militar (filho). O responsável deverá dirigir-se ao SARAM do HCA, para pegar uma GAB (Autorização), e em seguida vir à Imunização colher o Teste.(O resultado é entregue na Pediatria-2º Andar da UPE, 30 dias após a coleta).

  • A coleta do teste do pezinho deverá ser realizada de preferência após o 5º dia de vida;

  • Não é necessário nenhum preparo, nem mesmo jejum.

topo


Vacinação

topo

  • Infantil

          BCG
          DPT
          Hepatite B
          Sabin
          Tetravalente
          Tríplice viral (MMR)
  • Adulto

          Dupla Adulto (DT)

          Influenza
          Tríplice viral (MMR)
 

 
BCG
 

     Administrada em Recém Nascidos e um reforço em crianças de 06 a 10 anos. Esta vacina previne as formas graves de tuberculose.

  • Via de aplicação: Intradérmica

  • Contra indicações: Imunodeficiência congênita ou adquirida, incluindo crianças infectadas pelo HIV que apresentem sintomas da doença. Deve ser adiada a administração em crianças com peso inferior a 2.000g.

  • Evolução: Após a aplicação a vacina evolui para uma mácula (“ponto avermelhado”), pústula (“bolha com pus”), crosta (“casca”) e úlcera, resultando em uma cicatriz.

  • Cuidados: Durante a evolução vacinal, deve-se manter o local de aplicação sempre limpo e seco, utilizando somente água e sabão, não usar medicações (cremes ou pomadas), não cobrir o local com curativos.

 

vacinação

topo


DPT
 

     Previne contra o tétano difteria e coqueluche. Deve ser administrada aos 15 meses, junto com a Sabin. Uma dose de reforço é recomendada aos 04 anos, podendo ser realizado até os 06. Esta vacina, após o reforço, tem validade por 10 anos. Não deve ser administrada em crianças maiores de 07 anos, sendo portanto aplicada a dT.

  • Via de aplicação: Intramuscular

  • Cuidados: Está contra indicada a administração em crianças com doença neurológica em atividade. No local de aplicação, fazer compressas de água gelada. A criança pode ter febre. Neste caso, aplicar o antitérmico receitado pelo pediatra.

 

vacinação

topo


Hepatite B
 

     Esta vacina previne a Hepatite B. São necessárias 03 doses: 1º dose: Ao nascer (de preferência junto com a BCG); 2º dose: 30 dias após a primeira; 3º dose: 06 meses após a primeira dose. Esta vacina é aplicada somente em crianças, indivíduos até 19 anos e profissionais de saúde.

  • Via de aplicação: Intramuscular
  • Cuidados: No caso de dor no local da aplicação, fazer compressas de água gelada. Os efeitos colaterais são raros, porém os mais freqüentes são dor local, febre, fadiga, cefaléia, mal-estar. A única contra indicação é a ocorrência de reação anafilática após a aplicação da dose anterior.

 

vacinação

topo


Sabin
 

     Previne contra a poliomielite (paralisia infantil). Deve ser aplicada aos 02, 04, 06 e 15 meses, com reforço anual durante as campanhas de vacinação até que a criança complete os 5 anos de idade.

  • Via de aplicação: Oral (02 gotinhas)
  • Cuidados: Recomenda-se adiar a aplicação em presença de diarréia grave e/ou vômitos intensos.
 

vacinação

topo


Tetravalente
 

     Vacina combinada contra Tétano, difteria, coqueluche (DPT) e doenças causadas pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b (Hib), especialmente a meningite. São necessárias 03 doses: Com 02, 04 e 06 meses de idade.

  • Via de aplicação: Intramuscular
  • Cuidados: O local de aplicação pode ficar dolorido e formar um carocinho. Aplicar compressas geladas no local de aplicação. Como reação, esta vacina pode também provocar febre. Aplicar o antitérmico receitado pelo pediatra.
 

vacinação

topo


Tríplice viral (MMR)
 

     Previne contra Sarampo, Rubéola e Caxumba. Deve ser administrada aos 12 meses e um reforço é recomendado aos 04 anos, podendo ser realizado até os 06. Não deve ser administrada em mulheres grávidas. Além disso, a gravidez deverá ser evitada por um mês após a vacinação. Em mulheres até 49 anos não vacinadas, recomenda-se uma dose.

  • Via de aplicação: Subcutânea.
 

vacinação

topo


 
Dupla adulto (dT)
 

     Previne o tétano e a difteria. Em indivíduos não imunizados, são necessárias 03 doses, com intervalo de 60 dias entre cada. A vacina tem validade por 10 anos, ou seja, após a administração da terceira dose, será necessário um reforço 10 anos depois.

  • Via de aplicação: Intramuscular
  • Gestantes: Para evitar o tétano neonatal toda gestante deve ser vacinada, de acordo com as seguintes situações:
    - Se nunca foi vacinada, deverá realizar um esquema com 03 doses, de 02 em 02 meses.
    - Se iniciou o esquema e não completou, completar as 03 doses.
    - Se completou as 03 doses, mas a última dose foi há mais de 05 anos, realizar um reforço;
    - Completou as 03 doses e a última dose foi há menos de 05 anos, não é necessário vacinar.

  • Cuidados: O início da vacinação da gestante poderá ser na primeira consulta do pré-natal ou logo após a confirmação da gravidez; No caso de dor no local de aplicação, realizar compressas de água gelada.

 

vacinação

topo


Influenza
 
     Vacina contra a gripe. Administrada somente durante a campanha da gripe, nos idosos, ou seja, pessoas acima de 60 anos. Os reforços devem ser anuais.
 
 

vacinação

topo


Tríplice viral (MMR)
 

     Previne contra Sarampo, Rubéola e Caxumba. Em mulheres até 49 anos não vacinadas, recomenda-se uma dose. Não deve ser administrada em mulheres grávidas. Além disso, a gravidez deverá ser evitada por um mês após a vacinação.

  • Via de aplicação: Subcutânea.
 

vacinação

topo

 
 
 
 

 

 

 

 

 

Hospital Central da Aeronáutica - HCA
Rua Barão de Itapagipe, nº 167 - Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20.261-000
Pabx: 21-3501-3100
Dúvidas: Entre em contato com o nosso Suporte Técnico
© Todos os direitos reservados - Melhor visualização em resolução 800x600dpi.